Mulher denuncia ao 190 execução feita por PMs em cemitério quase que ao vivo.

Uma mulher denunciou ao 190 uma execução que acabava de presenciar em um cemitério na Grande São Paulo. Dois policiais militares foram presos depois do telefonema.

A ligação é do dia 12 março deste ano. A testemunha visitava o túmulo do pai, em um cemitério em Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo. Ela ligou para o 190 para fazer a denúncia enquanto os policiais ainda estavam no local. O atendente pergunta se ela consegue ver o prefixo ou a placa da viatura.

Um dos policiais envolvidos no crime percebeu a presença da testemunha. A ligação foi uma das provas para a prisão dos dois policiais militares envolvidos na execução. Eles tentaram alegar que a vítima tinha resistido à prisão.

Os soldados Ailton Vital e Felipe Daniel estão no Presídio Militar Romão Gomes. Eles vão responder por homicídio e podem ser expulsos da corporação. A identidade da testemunha é mantida sob sigilo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s