Golfista Tiger Woods é eleito o maior atleta

Atleta bateu ciclista Lance Armstrong e tenista Roger Federer em votação nos EUA

Os recentes escândalos fizeram alguns patrocinadores rescindirem contratos com Tiger Woods, mas o prestígio do golfista com os jornalistas norte-americanos continua imenso. Uma das maiores agências de notícias do mundo, a AP (Associated Press), o elegeu como o maior atleta da década, à frente do ciclista Lance Armstrong e do tenista Roger Federer.

Woods, que desde o fim de novembro vê seu casamento manchado por causa de uma ligação com uma rede de dez amantes, foi premiado na noite desta quarta-feira (16). Para a AP, "os dez anos de incomparável golfe são maiores que aproximadamente três semanas de um chocante escândalo sexual".

No total, 142 jornalistas dos Estados Unidos participaram do pleito, e 56 deles votaram no golfista. Na década de 2000, ele faturou 12 de 14 competições (chamadas de "majors") e somou 56 títulos – apenas quatro golfistas ganharam mais em todas as suas carreiras. No geral, o norte-americano só tem menos Grand Slams que Jack Niklaus, dono de 18.

No segundo lugar da eleição, com 33 votos, apareceu o ciclista norte-americano Lance Armstrong, heptacampeão da Volta da França entre 1999 e 2005. Maior campeão da história dos principais torneios de tênis, com 15 conquistas, o suíço Roger Federer foi votado por 25 pessoas.

O nadador Michael Phelps, dono de 14 medalhas de ouro olímpicas, recebeu 13 nominações, o quarterback Tom Brady, seis, e o velocista Usain Bolt, quatro. Mais cinco atletas ganharam um voto cada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s