Cleoci a tróis

Olá amigos, hoje venho aqui pra falar… Bem, nem sei ao certo por onde começar, mas vou meter o dedo nesse teclado aqui pra tentar registrar tudo que me aconteceu na noite de ontem.

Estava eu aqui na frente do micro como de costume depois de um árduo dia de trabalho sem porra nenhuma pra fazer só esperando a hora de ir dormir quando resolvi entrar no msn, ali estavam alguns amigos “on” mas nenhum que me instigasse para um papo ferrenho madrugada a dentro, então resolvo dar um ‘OI’ pra a mais interessante das que estavam “on” era uma amiga de longa data que eu já tinha tido uma história com ela, inclusive ela vai dar um trabalho danado para o meu biógrafo sempre digo isso a ela,

Começo eu:

-Oi moça

-Oi

-que faz da vida?

-estou vendo um cara fazer um estripe pra mim na cam

-aff, ta se acabando na siririca.

-não , só faço isso pra vc.

-por falar nisso, demorou pra gente repetir a dose Já faz tempo desde a nossa ultima vez.

-vc quer? Esta com saudade?

-isso é um sim ou um não?

-estou saindo pra balada agora, vamos?

-há to fora, já é tarde e amanhã eu trabalho.

-vou só eu e uma amiga de repente até rola algo mais.

-me pega em meia hora…

E assim sem muita insistência acabei me enfiando numa balada eletrizante pra começar bem 2008

Mas que depressa fui tomar um banho e me arrumar

No horário combinado elas estavam em frente minha casa me chamando com uma buzininha marota que parecia conter em seu som a frase “venha se deleitar em nossos braços”

Minha mãe, ficou P da vida ao ver o carro com as gatas encostado em frente minha casa, desci correndo as escadas e enquanto minha mãe dizia impropérios e tentava me fazer lembrar que eu era um rapaz de origem Cristã e tanto eu quanto minha mãe sabíamos que a noite prometia não seria nada santa.

Pulei pra dentro do carro atropelando a moça que eu ainda não conhecia e falei pra amiga que estava ao volante

-vaza daqui

Ela saiu correndo enquanto falava ao celular com o pobre coitado da cam que ainda insistia com esperanças de vê-la pela web.

Poucos metros depois de virarmos a esquina de minha casa é que foram feitas as devidas apresentações, paramos no posto de gasolina, pra numa loja de conveniências nos abastecermos de bebida e cigarros para a noitada, minha amiga mais antiga desceu do carro e foi até o loja de conveniências e quando voltou já me viu aos beijos com a recém conhecida , e já entrando no espírito da noite brincou:

-Eu também quero o meu.

E me tascou um baita beijo, para o delírio dos frentistas que ficaram olhando a cena de boca aberta a me ver sendo agarrado por duas gatas disputando minha boca.

E assim seguimos até nosso destino. Foram os 30kms mais gostoso que já percorri, finalmente chegamos a dita balada, lugar maneiro com muita gente bonita e bastante animado pra uma noite de terça-feira. Entramos e logo fomos recepcionados por uns paga-pau da minha amiga1 que mal se deram conta de que tinha um homem acompanhando elas , mas enfim como eu era o estranho no ninho me fiz de Mane. Procuramos um cantinho pra nos encostarmos, pois já era por volta das 23:00 e a casa já estava lotada, logo me impus dando um beijo nas duas e mostrando pra os gaviões de plantão quem mandava no pedaço, ninguém entendeu nada mas blz

Seguimos a noite regados com algumas cerveja e muita fumaça de cigarro , e já a essa altura ninguém alem de nós três estava entendendo mais nada , com qual mina essa cabeludo esta afinal? Perguntavam-se os gaviões de plantão.

Mas pra manter intacta a reputação da minha amiga1 que era freqüentadora da casa , eu mantive-me mas envolvido com a outra amiga2. O que foi suficiente pra um batalhão de gaviões atacarem a presa solta. Fui consolado pela amiga2 que tinha ficado comigo:

-não esquenta no final da noite quem vai liquidar a fatura será você mesmo, deixa eles caírem matando em cima, essa noite você será só de nós duas.

E assim seguimos a noite com muita dança e bebida e indagações dos que estavam a volta de quem era esse cabeludo? , o que ela tem que nós não temos? Será mesmo que estamos vendo isso? Até que então lá pelas 3 da madruga decidimos procurar um lugar mas reservado pra continuarmos nossa brincadeira , depois de um certo desacerto em nossas comandas ( 9 cervejas a mais) saímos em busca do tal ninho da perversão.

Amigos leitores, eu achei que já tinha descrito os melhores 30 kms da minha vida mas aquilo tinha sido só o rascunho do que seria a volta

Vivi um verdadeiro paraíso sob rodas de Pinheiros até Perus, eu sentado no banco do passageiro enquanto minha amiga1 dirigia a uma velocidade media de 20 a 30 km por hora eu era masturbado por ela enquanto era beijado e acariciado pela amiga2 que estava no banco de traz , paramos em mais um posto de conveniência pra mais uma rodada de bebida e cigarros e mais uma vez fui alvo da inveja notória de frentistas noturnos. No meio do caminho uma parada estratégica pra troca de motorista pra podermos entrar sem maiores problemas no motel eu fui pra o banco do piloto enquanto minha amiga 1 se enfiava de baixo dos bancos do carro. Mas todo esse esforço de se disfarçar foi por água abaixo quando começou realmente a brincadeira.

Dentro do quarto, fizemos um pacto sem palavras de deixarmos todo o pudor do lado de fora e assim foi.

E começamos enfim a nossa brincadeira e três.

Minha língua misturada a mais duas língua feminina, uma sai deslizando pelo meu corpo enquanto uma outra já tem um destino certo abaixo da minha cintura e daí pra frente num sincronismo perfeito tivemos uma noite perfeita de sexo onde toda vontade foi extravasada e nenhum desejo foi reprimido. As 8 da manhã acordei tendo a certeza de que tinha tido a melhor noite de sonhos de minha vida.

Cleoci Pinheiro.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s