Tamanhos de Imagens nas Redes Sociais: O Guia Definitivo

Para um pequeno empresário, é importante que as imagens da sua empresa brilhem como estrelas. É claro que isso inclui um ótimo site, mas também é importante ter uma presença forte nas redes sociais. Independente das plataformas que você decida usar, é crucial prestar muita atenção aos detalhes. Pense em uma entrevista de emprego, você não quer estar bem vestido? Não há nenhuma diferença para os elementos visuais que você usa em suas contas nas redes sociais.

Já aconteceu de você tirar a melhor foto da história do Instagram, e depois perceber que boa parte será cortada quando for publicada? Então, se você já soubesse o tamanho correto necessário, sua obra-prima poderia ser apreciada em toda a sua magnitude. O Insta não é a única rede social que tem dimensões específicas para fotos a serem publicadas em posts e perfis. Desta forma, para que seu negócio seja sempre exibido da melhor forma possível, preparamos uma lista com todos os tamanhos de imagens usados nas redes sociais:

Tamanhos de imagens para o Facebook

Mesmo a maior de todas as redes sociais possui parâmetros bastante específicos – especialmente para os tamanhos das imagens. Quando alguém estiver procurando mais informações sobre seu negócio, é provável que procurem no Facebook, então é melhor ter uma página corretamente configurada. Além do básico (foto de perfil e foto de capa), há mais alguns tamanhos de imagens a serem levados em conta, como grupos e eventos, que têm suas próprias dimensões. Claro que você tem total liberdade para escolher a foto a ser exibida, então prepare uma bem cativante.

Foto de perfil: mínimo de 180 x 180 px
Foto de capa: 820 x 310
Post com link: 1200 x 628
Foto publicada: 1200 x 628
Foto de capa de grupo: 1640 x 859
Foto de capa de evento: 1920 x 1080

Tamanhos de imagens para o Facebook

Tamanhos de imagens para o Twitter

Mesmo com a expansão da quantidade de caracteres para 280, ainda são os elementos gráficos que chamam a atenção no Twitter. As imagens falam muito mais alto do que uma frase e um punhado de hashtags. Reforce seus tuítes com uma foto, seja do link que você está compartilhando ou apenas um post com foto mesmo. No Twitter, cada caractere e cada pixel fazem a diferença, então certifique-se de estar usando os formatos corretos.

Foto de perfil: 400 x 400 px
Foto de cabeçalho: 1500 x 500
Foto publicada: 440 x 220

Tamanhos de imagens para o Twitter

Tamanhos de imagens para o Instagram

Essa é a estrela ascendente das redes sociais! As possibilidade de usar o Instagram em benefício do seu negócio são infinitas, então é necessário prestar total atenção a essa plataforma focada em imagens. O Instagram é bastante direto e simples de entender, com até três tamanhos de fotos e vídeos.

Foto de perfil: 110 x 110 px
Quadrado: 1080 x 1080
Vertical: 1080 x 1350
Paisagem: 1080 x 566

Tamanhos de imagens para o Instagram

Tamanhos de imagens para o YouTube

Sim, é claro que o YouTube é uma plataforma de vídeos e não de fotos, mas isso não significa que você não tenha que prestar atenção às possibilidades de upload de imagens disponíveis. O ícone do seu canal, as miniaturas dos vídeos e a foto do canal possuem dimensões específicas, então certifique-se de saber cada uma. São tão poucas fotos para cuidar nessa plataforma, que não há desculpa para usar imagens de baixa qualidade. Se você ainda não se aventurou pelo mundo do YouTube, esse é o momento de conferir nosso guia sobre como criar um canal de YouTube para sua empresa.

Foto de perfil do canal: 800 x 800 px
Foto de capa: 2560 x 1440
Miniatura de vídeo: mínimo de 1280 x 720

Tamanhos de imagens para o YouTube

Tamanhos de imagens para o LinkedIn

A rede social “profissional” está aí para exibir o seu melhor lado. Dependendo do seu tipo de conta, pessoal ou empresa, as dimensões das fotos serão diferentes. Para um negócio, sua foto de perfil se torna seu logo e aparece ao lado dos seus posts. Além disso, há uma foto para o banner da sua página e a foto que aparece junto com o link quando você publica um artigo. Para o seu perfil, dê uma olhada no nosso excelente guia sobre como brilhar no LinkedIn. Há algumas restrições quanto às imagens: as fotos de perfil não podem exceder 10MB e apenas os formatos JPG, PNG e GIF são aceitos.

Foto de perfil pessoal: 400 x 400 px
Foto de fundo pessoal: 1584 x 396
Foto de fundo comercial: 1536 x 768
Logo padrão para empresas: 400 x 400
Banner para empresas: 646 x 220

Tamanhos de imagens para o LinkedIn

Tamanhos de imagens para o Pinterest

O Pinterest não seria nada sem seu aspecto visual, então é de se esperar que existam dimensões bastante específicas para os diferentes tipos de fotos encontrados pela plataforma. Das miniaturas às fotos de perfil, veja todos os tamanhos de imagens abaixo, e note que, ainda que a largura de um pin seja previamente definida, sua altura é flexível.

Foto de perfil: 165 x 165
Pin na página: 236 de largura
Pin na pasta: 236 de largura
Miniatura grande: 222 x 150
Miniatura pequena: 55×55

Tamanhos de imagens para o Pinterest

Tamanhos de imagens para o Google+

Se você não usa o Google+ para suas contas pessoal e profissional, lembre-se que seu negócio está perdendo exposição no mecanismo de busca que é dono da plataforma. Por esta razão, sugerimos que mantenha um perfil minimamente configurado, de forma forma bastante básica, porém seguindo as diretrizes corretas. Para isso, veja as dimensões de fotos abaixo, levando em consideração que algumas delas indicam os tamanhos nos quais as imagens serão exibidas.

Foto de perfil: 250 x 250 px
Imagem de capa: 1080 x 608
Imagem: 497 x 373
Imagem em link compartilhado: 150 x 150
Vídeo: 497 x 279

Tamanhos de imagens para o Google+

Pronto para se destacar na internet e em todas as redes sociais? COMENTE

Anúncios

A Teoria Da Janela Quebrada

Caos.

Roubo.

Sirenes policiais.

Essa era a realidade da cidade de Nova Iorque no final dos anos 80.

janela-quebrada-1
Há quase 40 anos, a cidade hoje icônica vivia uma epidemia criminal.

Quase 10% da população estava envolvida nessas infrações.

janela-quebrada-2
O desespero tomava conta das ruas…

E dos próprios policiais que não conseguiam conter o alastramento desse vírus.

janela-quebrada-3
Porém, durante a década de 90, a cidade presenciou uma queda brutal nos índices de criminalidade.

De 10% para menos de 4%, ficando abaixo da média dos Estados Unidos no ano 2000.

Agora…

Como Nova Iorque saiu do caos para se tornar recentemente a 4ª cidade mais segura dos Estados Unidos (e a 21ª do mundo)?

janela-quebrada-4
Essa é a teoria da janela quebrada que eu irei explicar para você agora.

A Teoria Da Janela Quebrada

janela-quebrada-5
Dois estudiosos chamados James Q. Wilson e George Kelling, ambos criminologistas, chegaram à raiz do problema com uma teoria:

A teoria da janela quebrada.

Ao contrário do senso comum, a solução para o crime não era uma questão de “ser mais duro” com a gravidade do delito.

  • Homicídio.
  • Assalto à mão armada.
  • Sequestro.
  • Roubo de propriedade.
  • Agressão.

Esses tipos de crime mais graves não eram o foco de William Bratton.

Ele foi a pessoa encarregada em reduzir o crime na cidade de Nova Iorque no meio desse caos em 1990.

Bratton era favorável a teoria da janela quebrada dos criminologistas Wilson e Kelling.

Segundo eles, o crime é um resultado inevitável da desordem.

Se uma janela é quebrada e abandonada sem conserto…

As pessoas andando pelo local irão concluir que ninguém se importa.

E que ninguém está no comando.

Logo, mais janelas serão quebradas e a anarquia irá se espalhar pelos prédios da cidade.

Isso transmite um sinal à cidade de que tudo pode acontecer por ali.

Sendo um convite para crimes mais sérios.

Em uma cidade, problemas menores como desordem pública e o calote ao transporte público são o equivalente às janelas quebradas.

Um convite para crimes mais sérios.

Uma pequena ação que, como um vírus, se espalha como uma epidemia.

Após um policiamento mais severo e atento aos problemas menores, Bratton conseguiu cumprir seu objetivo.

A taxa de crime em Nova Iorque caiu drasticamente nos anos 90.

Portanto, o crime, segundo esse estudo explicado no livro The Tipping Point de Malcom Gladwell, é um problema de contexto.

Do local, das atitudes coletivas…

No ato de olhar uma janela quebrada e receber um convite para atitudes criminosas.

Escolha essa que está muito longe de ser uma razão intrínseca, da própria pessoa.

Ou até mesmo um distúrbio singular que nasce ela.

Trata-se do lugar, do contexto e das pessoas ao redor delas.

portanto preste atenção ao seu redor e faça tudo que estiver ao seu alcance para manter as janelas e tudo o mais em ordem

gostou desse artigo? deixe seu comentário, esse artigo foi extraído de uma matéria de Henrique Carvalho de viver de blog

Grandes lojas que fecharam as portas

Entenda os motivos que levaram ao desaparecimento destes ícones do consumo

Não tá fácil pra ninguém! Nos últimos anos, grandes lojas que pareciam imunes à crise financeira mundial acabaram fechando suas portas, ou por falência, ou porque foram incorporadas a corporações maiores ainda, uma prática comum já há muito tempo. Assim, varejistas que eram muito conhecidos acabaram sendo esquecidos pelo tempo, ou estão nesse processo. Relembre grandes nomes do comércio do passado, de diversas especialidades.

• Mappin
Quando pensamos em “grandes lojas que não existem mais”, o nome do Mappin é o primeiro que nos vem à mente. Cartão postal da cidade desde 1913, quando foi fundada, a sede da Casa Anglo Brasileira na Praça Ramos foi um dos pontos mais conhecidos da capital por muito tempo. Abriu diversas filiais no decorrer dos anos, e sua loja da Avenida São João foi a primeira da cidade a contar com estacionamento próprio, uma novidade absoluta nos anos 50. Decretou falência em 1999.

• Mesbla

A segunda loja de departamentos mais lembrada da cidade foi, na verdade, fundada no Rio de Janeiro como subsidiária de uma companhia francesa especializada no comércio de máquinas. Nos anos 8,0 tinha mais de 180 lojas por todo o Brasil. Dificuldades na década seguinte levaram a Mesbla a perder todo seu valor. Foi comprada pelo Mappin em 1996. Com a falência, três anos depois, as duas marcas mais conhecidas do público em lojas de departamentos acabaram de uma só vez. Em 2010, a marca foi relançada como um e-commerce, mas a iniciativa não deu certo e logo o site saiu do ar.

• Arapuã

Uma das lojas mais conhecidas em vendas de eletrodomésticos teve sua origem no interior de São Paulo, em Lins, no ano de 1957. Nos anos 90, era uma das maiores varejistas do Brasil, rivalizando com as Casas Bahia e o Ponto Frio. Está em recuperação judicial desde o início dos anos 2000, com uma dívida de mais de R$ 1 bilhão, mas ainda atua em alguns pontos da periferia da cidade e no interior, comercializando apenas vestuário de baixo custo.

(Acervo/Divulgação)

• G. Aronson
Fundada em 1944 em São Paulo para comercializar casacos de pele, a rede chegou a ter 38 lojas no estado vendendo eletrodomésticos. Sua falência foi decretada em 1998.

(Acervo/Divulgação)

• Lojas Brasileiras
A loja de departamentos e variedades era concorrente direta das Lojas Americanas, inclusive com uma unidade a poucos passos dela, no centro velho de São Paulo. Chegou a ter 63 lojas espalhadas por 20 estados brasileiros, mas fechou as portas em 1999.

(Acervo/Divulgação)

• Sears
A gigante americana fazia muito sucesso na cidade nos anos 80, e sua maior loja era onde se encontra hoje o Shopping Paulista. A rede chegou ao país em 1949 e tinha 11 lojas quando decidiu encerrar suas atividades no país, no início dos anos 90. Há alguns anos, foi anunciado que a rede voltaria ao Brasil, mas nada de concreto ainda apareceu.

(Acervo/Divulgação)

• Jumbo-Eletro
Nos anos 40, surgia no Brás uma oficina de conserto de rádios que com o passar dos anos passou a diversificar suas atividades, vendendo também os equipamentos e eletrodomésticos em geral, chamada Eletroradiobraz. Na década de 70, a rede, já gigantesca, inaugurou seu primeiro supermercado, tendo como símbolo uma baleia, para fazer concorrência ao primeiro hipermercado do país, o Jumbo, do Grupo Pão de Açúcar, cujo símbolo era um elefante. Em 1976, o Jumbo incorporou a Eletroradiobraz, surgindo o Jumbo-Eletro, que passou a ser a maior rede de lojas e supermercados do Brasil. Os supermercados da rede passaram a ser conhecidos como Pão de Açúcar, os hipermercados passaram a ser Jumbo-Eletro, e os magazines simplesmente Eletro. Hoje, por decisão do Grupo Pão de Açúcar, somente os supermercados mantêm o seu nome. Os hipermercados passaram a ser Extra, e os magazines viraram Casas Bahia ou Ponto Frio, todos do mesmo grupo.

(Acervo/Divulgação)

• Ducal
Fundada em 1950, a conhecida loja de roupas masculinas teve seu auge nos anos 60 e 70. Com filiais em três estados brasileiros, a loja era especializada em moda para homens, com peças bem cortadas, mas não impecáveis, barateando assim o preço. Sua última loja foi fechada em 1986.

(Acervo/Divulgação)

• Peg Pag Supermercados
O primeiro supermercado da capital foi inaugurado em 1957 e era uma completa novidade. Todo mundo queria ver aquele lugar em que você mesmo pegava as mercadorias e depois levava ao caixa pra pagar. Peg Pag foi um dos nomes mais conhecidos do ramo até 1978, quando foi incorporado pelo Grupo Pão de Açúcar. Hoje, existem alguns supermercados com esse nome espalhados pelo país, mas eles nada têm a ver com o original.

(Acervo)

• Casas Buri
Começou como uma loja de tecidos em 1942 e passou a vender também eletrodomésticos nos anos 70. Chegou a ter mais de 200 lojas em São Paulo, Paraná e Centro-Oeste do Brasil. Em 1992, a marca foi comprada pelo Ponto Frio, que rebatizou todas as lojas com o seu nome.

(Acervo/Divulgação)

• Lojas Pirani
“Uma loja dos sonhos” era como definiam a Pirani no início dos anos 70. Localizada no Brás, a loja era conhecida por sua decoração de Natal, a mais caprichada da cidade naqueles tempos. Possuía também uma loja de cinco andares no Edifício Andraus, e foi confirmado que lá se originou o famoso incêndio que destruiu o prédio em 1972, por negligência técnica. Os donos da loja tiveram que ressarcir as famílias das vítimas do incêndio, o que levou a loja à falência.

(Acervo/Divulgação)

• Piter
Atrás do Teatro Municipal de São Paulo ficava localizada a loja de roupas mais badalada dos anos 70 e 80, a Piter. Sua fachada luminosa era muito conhecida na cidade, e ponto de encontro dos jovens da época.

(Armando Prado/Divulgação)

• Ultralar
A Ultralar foi uma loja de departamentos fundada em 1956 e fazia parte do grupo Ultragás. Como os fogões a gás ainda eram raros no país, a Ultragás montou uma loja para vendê-los e alavancar o negócio de gás de cozinha. A rede cresceu e se diversificou, abrindo inclusive um hipermercado nos anos 70, o Ultracenter, na Marginal Pinheiros, mais tarde comprado pelo Carrefour. No ano 2000 foi decretada a falência da Ultralar e a maioria das suas lojas foi comprada pelas Casas Bahia.

(Acervo/Divulgação)

• Hi-Fi Discos
A partir do final dos anos 80, tradicionais lojas de discos, como Breno Rossi, Bruno Blois, Hi-Fi Discos, começaram a ter sua clientela reduzida, primeiro graças às gravadoras, que preferiam mandar seus produtos para grandes magazines e supermercados. Depois, a popularização da música digital, que praticamente aboliu a mídia física da vida dos clientes, decretou o declínio da parte do ramo. Assim, assistimos a queda de lojas em que os amantes da boa música costumavam passar os dias atrás de novidades e raridades.

(Acervo/Divulgação)

Como os M&Ms foram usados para detectar erros de logística em show de rock

Para os roqueiros jurássicos como eu , sabem que em meados da década de 1980, o Van Halen arrastava multidões a seus shows, não só pela qualidade de canções como dance the night awayJump mas também pela sua caprichada produção. Atuavam também como uma empresa em razão da gestão com que a banda geria seus negócios, em uma epóca com tecnologia inferior a de hoje. Um bom planejamento logístico era crucial para que tudo desse certo nos shows.Fazer pedidos extravagantes para os produtores de show, é coisa mais do que habitual no cenário musical, mas a banda usou um artifício bastante interessante e inteligente nas cláusulas do seu contrato.

Você verá seguir, como um planejamento logístico pode furar no descuido com detalhes.

Nas mais de cem apresentações realizadas em 1984, por exemplo, os equipamentos lotavam nove caminhões, além de exigir uma intrincada instalação elétrica, cujos detalhes eram esmiuçados em um complicadíssimo contrato de prestação de serviços.

Não bastasse isso, David Lee Roth, o vocalista da banda neste período áureo, era conhecido por suas excentricidades, tanto no palco, quanto fora dele. Uma delas, por exemplo, era exigir no camarim uma grande tigela cheia de M&Ms de todas as cores, exceto os marrons!

A cláusula 126 do contrato dizia algo como: “Não haverá M&Ms marrons nos bastidores, sob pena de cancelamento do show, com pagamento integral dos cachês”. O mistério daquilo que ajudou a criar a imagem de prima donna do showbiz que sempre acompanhou Lee Roth, é desvendado no livro Gente que Resolve (Saraiva, 2014), dos irmãos Chip e Dan Heath.

AAEAAQAAAAAAAAujAAAAJGQzNTdjNmIzLTU3ZDQtNDg3ZC1hYjRkLTAwNGMyNDAwNWEyYg.png

Lee Roth estava longe de ser uma diva caprichosa. Ele era, isso sim, um gênio de planejamento e execução. A cláusula que bania os M&Ms marrons estava escondida entre centenas de outras especificações técnicas, determinando como a fiação deveria ser instalada de forma a suportar, com segurança, a enorme quantidade de luzes e efeitos, daquele que era o mais elaborado show da época.

Então, assim que chegava ao local do show, ele ia direto checar os M&Ms e, caso encontrasse algum marrom, concluía imediatamente que os organizadores não haviam lido o contrato e que, portanto, as instalações não haviam sido feitas conforme solicitado.

O livro dos irmãos Heath, cujo tema é a Tomada de Decisão, explica que uma das maiores dificuldades nestes processos é identificar os momentos nos quais decisões precisam ser tomadas.

Algumas destas decisões envolvem riscos altos demais para serem negligenciadas.

E como estava diretamente exposto a estes riscos, Lee Roth não queria ignorá-los, ao mesmo tempo em que não podia se dar ao luxo de rever pessoalmente cada detalhe.

Ele criou, então, seu peculiar sistema de alarme, capaz de detectar qualquer chance possível de desvio, sem que precisasse revirar palheiros inteiros em busca de uma agulha – que ninguém sabia se estava lá.

Será que esta criativa solução também não pode resolver algum problema que está tirando o seu sono?

Como você consegue criar um sistema de avisos que traz a resposta até você, sem que você precise se preocupar?

Pense nisto!

*****

Se gostou dá um like, comente ou compartilhe. Se não gostou comente.

Pai…

Esta nãouma conversa sentimental sobre “o velho”, até porque não estamos na época do dia dos pais, mas já que o título diz que vamos tratar do assunto, talvez seja bom refletir um pouco sobre o que representa essa figura do “pai” para você. É que isso varia muito de pessoa para pessoa. Existem

– o pai-herói

– o pai-chefão

– o pai-amigão

– o pai-cobrador

– o pai protetor

– o pai ausente

– o pai tirano

– o pai substituto

– o pai agressivo e perigoso

– o pai-vergonha-da-família

– e deve ainda haver outros, bons e ruins.

Sabemos disso, mas nossa relação pessoal com o pai costuma ser marcada por um desses modelos, de modo que “pai” é “isso” – e fica difícil imaginar algo diferente.

Recentemente falamos sobre oração, sobre conversar com Deus, lembra-se? Observamos o modelo que Jesus sugeriu para tanto, e este começa tratando Deus de “Pai”.

Se você quiser orar e fazer disso algo mais do que recitar um versinho, pode tropeçar nesse “Pai”. Que é que lhe passa pela cabeça ao chamar Deus de Pai? Uma noção de carinho, conforto, segurança, afeto, respeito, temor, insegurança, medo, pavor, ou quem sabe até repulsa, para não dizer ódio? Porque, para a oração valer alguma coisa, esse “Pai” não pode ser mera terminologia. A coisa vai mais fundo.

Assim, tente esquecer a figura do seu próprio pai quando for tratar com Deus – ela certamente não confere.

Uma coisa é certa: enquanto os pais humanos são imperfeitos, cometem erros e alguns são até francamente malvados, Deus como nosso Pai e Criador é absolutamente bom e não só quer o nosso bem, como é o único capaz de provê-lo com perfeição.

Assim, Jesus nos ensina a confiar no carinho do Pai para conosco. O termo que ele usa para dirigir-se a Deus é “Abba”, um termo carinhoso e íntimo, tal como “papai”.

Por outro lado, a relação de pai-filho implica dois outros aspectos importantes:

– A obediência, algo que cada vez mais cai em descrédito nas nossas famílias. Mas até um mínimo de bom-senso deixa claro que um filho pequeno certamente deve, no seu próprio interesse, obedecer às determinações do pai, ainda mais quando pode ter certeza de que esse pai sabe e quer o que é melhor. E, diante de Deus, decididamente não somos mais do que umas criancinhas.

– O outro aspecto é a velha máxima “tal pai, tal filho.” O normal é que o filho seja parecido com o pai. Jesus dá este exemplo sobre isso:

“Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem, para que vocês venham a ser filhos de seu Pai que está nos céus. Porque ele faz raiar o seu sol sobre maus e bons e derrama chuva sobre justos e injustos.” ¹

E logo em seguida:

“Sejam perfeitos como perfeito é o Pai celestial de vocês”. ²

O padrão é muito alto, portanto. Só posso chamar Deus de Pai se me identificar plenamente com ele em propósitos e atitudes.

Mas a recíproca também vale: para eu poder agir desta forma, é preciso que eu possa chamar legitimamente Deus de Pai – essa bondade incondicional é divina, não humana, e excede nossa própria capacidade.

A boa notícia é que Deus nos oferece essa possibilidade de compartilhar sua natureza, por iniciativa e graça dele. Ele é que cria as condições para isso:

“Todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.”³

Deus quer ser nosso Pai e tratar-nos como filhos, mas é claro que temos de ficar com ele e seguir sua orientação. Caso contrário, não adianta nada chamar-se “filho” e dizer que “Deus é meu pai.” Na famosa história do filho pródigo que Jesus contou, o filho que abandonou a casa do pai poderia até dizer, no lugar em que foi parar: “Tenho um pai rico”. Só que esse lugar era no meio de uma manada de porcos, onde ele comia a ração destes. Assim não dá! Para que fizesse sentido dizer “Pai”, ele teve de voltar para casa.

Por onde você tem andado em relação a Deus? Vale a pena chamá-lo de Pai, mas só se for “em casa”, submetendo-se a ele em confiança e obediência.

Que tal voltar para casa? Faz tempo que o Pai espera…

Referências da Bíblia: ¹Mateus 5.44,45; ²Mateus 5.48; ³Romanos 8.14

10 Conselhos de Natal para você

Hoje é natal e eu quero compartilhar com você um presente.
são 10 coisas que aprendi sobre a vida.

Coisas que podem, talvez, ajudar você a ter um 2017 melhor. Mais calmo, mais evoluído, com menos dor de cabeça.

1. A Melhor Maneira de Afastar Pessoas indesejadas da Sua Vida É Emprestando Dinheiro Para Elas.

O dinheiro traz para fora o verdadeiro eu das pessoas. As pessoas vão mostrar quem realmente são não quando precisam de ajuda, mas quando é hora de retribuir um favor recebido. Fique atento e saiba que metade das pessoas vão decepcionar você. Faz parte da vida.

2. Trate as Pessoas Como Se Estivesse Sendo Filmado

Faça o teste: note quantas pessoas não dizem obrigado quando perguntam para você que horas são. Quebre o padrão sendo educado com todos que encontrar. O hábito de tratar as pessoas com valor, cortesia e gentileza abre praticamente qualquer porta.

3. Se Quer Ser Interessante, Seja Interessado

Pessoas interessantes tem muito para contar, mas tem mais ainda para ouvir. Pergunte sobre a vida das pessoas e aprenda com as histórias e respostas delas. “Puxa, adorei conversar com você!” é sinal que você fez um bom trabalho.

4. Aprender a Se Vestir Vale Mais Do Que Nascer Bonito

A maioria das pessoas não nasce com traços proporcionais. A diferença é que não aprendemos como tirar proveito disso. Se você é seu produto mais importante, como você se veste é a embalagem que fala para o mundo o que você representa. Encontre um estilo que se encaixe com sua personalidade e seja autêntico, a sua melhor versão de si mesmo.

5. Priorize Caráter Acima de Inteligência

Se a pessoa é bondosa, honesta e resiliente ela pode aprender a parte técnica sobre qualquer assunto que precisa. Um bom técnico desonesto, embora eficiente, muito raramente vai aprender a ser honrado.

6. Preste Atenção Quando Todos Estão no Automático

Olhar as pessoas nos olhos e ouvir atentamente o que ela diz é uma das maiores demonstrações de importância que existe hoje em dia. Faça o teste: seja a pessoa que menos usa seu smartphone quando estiver com amigos ou família e vai ver e notar coisas que outros não percebem, pois não estão ouvindo com atenção suficiente.

7. Valorize Quem Valoriza Você (Por Mais Difícil Que Seja)

Como humanos, temos a tendência de valorizar quem nos ignora, e ignorar quem nos valoriza, apoia, elogia. Venerar quem nem sabe que existimos e desprezar quem sempre esta do nosso lado.

Está errado, a tentação para isso acontecer é forte, mas retribua a atenção das pessoas na mesma medida que elas dedicam para você. Muito com muito, pouco com pouco.

8. Viva Uma Nova Experiência a Cada Dia

Você poder contar sobre um lugar que visitou ou experiência que viveu é muito mais legal do que mostrar o novo brinquedo que comprou. Viver é quantos momentos único você experimenta, faça que cada dia você tenha uma história para contar quando for deitar a noite.

9. Bons Líderes Não Apontam Problemas, Eles os Resolvem

O mundo tem muitas pessoas boas em apontar erros. O que precisamos é de pessoas boas em resolvê-los. Mostre com seu exemplo que resolve seus problemas e as pessoas vão ouvir você.

10. Justificativas, Mesmo Que Válidas, Enfraquecem o Caráter

Você pode apresentar resultado ou justificativas, mas não ambos. Toda vez que você sabe que pode se explicar para alguém, seu cérebro vai focar mais na desculpa e menos em como conseguir o resultado. Fale a verdade, mas crie o hábito de ser um fazedor, não um explicador.

É isso.

Espero que algum destes pontos tenha tocado você de uma forma diferente. Algum deles causou incômodo?

É um bom sinal de que talvez, seja ele que você precisa focar neste ano.

Que você tenha um 2017 fantástico, intenso e inédito.

E pode contar comigo, pois vou estar aqui para ajudar você no que for possível nessa jornada.

21 Ideias Para Ganhar Dinheiro

Ideias Para Ganhar DinheiroExistem várias ideias para ganhar dinheiro, basta escolher qual forma para ganhar dinheiro se adéqua mais a você.

Precisando de ideias para ganhar dinheiro? Veja aqui as melhores formas para ganhar dinheiro e começar já a mudar os rumos do seu futuro!

Você almeja ser um empreendedor de sucesso, tem vontade de abrir o seu próprio negócio, mas não sabe como começar? Calma! Você precisa achar o negócio certo, apenas isso. É necessário descobrir quais são as suas habilidades, se elas abarcam as necessidades do mercado e como poderão render dinheiro.

Apesar de parecer piegas, para que uma ideia empresarial seja bem sucedida é preciso se identificar com ela e gostar do que se faz. Porém, infelizmente, nem sempre as ideias piscam na nossa frente.Então, se está com dificuldade para pensar em algo criativo e que possa lhe render bons lucros, nós iremos trazer aqui uma lista com 20 ideias para ganhar dinheiro. Escolha a que mais lhe agrada e coloque em prática.

Lembre-se, a primeira regra básica é encontrar o nicho certo para explorar. O ideal é realizar uma pesquisa para identificar qual a carência do mercado. A partir destes resultados, será possível desenvolver algumas ideias para ganhar dinheiro que podem ser estudadas a fundo, em detalhes e posteriormente colocadas em prática. Confira mais!

1- Venda de Produtos Digitais Como Afiliados

A internet movimenta boa parte da economia mundial. Há diversas empresas virtuais que rendem milhões, mas não são apenas as grandes corporações que são bem sucedidas, pequenos empreendedores também podem se dar bem nesta área.

Uma das tendências neste ambiente é a venda de produtos digitais como afiliados, que consiste na comercialização de info-produtos como, por exemplo, softwares e e-books. Neste caso, a pessoa irá se afiliar a uma marca ou empresa e se comprometer a divulgar as mercadorias, usando sites, blogs e redes sociais. O valor da comissão pode atingir até 70% de cada venda. Esta é uma das ideias para ganhar dinheiro rápido mais buscadas.

2- Ganhar Dinheiro Com Sites e Blogs

Existe uma enorme quantidade de sites e blogs que rendem dinheiro. Embora, muitas pessoas pensem que este mercador está saturado, ainda é possível ser bem sucedido trabalhando com estas plataformas virtuais, basta encontrar um bom nicho inexplorado e que atenda as necessidades dos internautas.

Não basta apenas fazer um site ou blog e achar que já é o suficiente para ganhar dinheiro, é necessário dominar as técnicas de SEO para deixá-lo bem posicionado nos motores de busca, agregar conteúdo publicitário, entre outras alternativas que contribuem para rentabilizar a página, focando sempre nas formas de divulgar o serviço.

3- E-commerce

O ponto principal para obter sucesso com e-commerce é, sem sombra de dúvidas, as formas de divulgar a loja virtual. Hoje em dia, tudo gira em torno acessos através de motores de buscas e redes sociais, por isso, foco na divulgação e marketing.

O E-commerce também é uma modalidade de negócio desenvolvida na internet, trata-se da montagem de lojas virtuais. Algumas das empresas bem sucedidas neste ramo comercializam produtos como calçados, roupas, bijuterias, livros, produtos eletrônicos, etc.

A sua loja E-commerce deve ser muito bem estruturada, de modo a oferecer praticidade para a navegação dos clientes. Além disso, também se deve ter o máximo de responsabilidade no que diz respeito à qualidade dos produtos e do serviço prestado ao consumidor.

4- Analista de SEO

ideias para ganhar dinheiro Analista de SEOPara trabalhar como analista de SEO você pode buscar por sites que estejam mal posicionado, oferecer os seus serviços e ganhar dinheiro com essa ideia.

Search Engine Optimization, popularmente conhecido como SEO, é um conjunto de técnicas que aprimoram os posts e as plataformas virtuais, tendo como objetivo deixá-las melhor posicionadas nos motores de buscas, permitindo que os internautas encontrem a página com facilidade.

Em outras palavras, quando o internauta digitar uma determinada palavra chave nos motores de busca (Google, Yahoo, Bing, etc), seu site aparecerá bem na frente/acima, aumentando as visitas e vendas.

Os profissionais que atuam nesta área podem prosperar rapidamente, basta pesquisar plataformas que não estão adequadas ao SEO e oferecer os seus serviços, dessa maneira se cria uma excelente carteira de clientes.

5- Marketing Virtual

Se você trabalha com marketing ou até mesmo já possui uma agência de publicidade e propaganda, entenda que o marketing virtual é uma das tendências desse âmbito profissional. Muitas empresas com potencial não faturam o que poderiam porque não divulgam os seus produtos de maneira eficiente, não se destacando no mercado.

Portanto, quem é especializado nesta área pode trabalhar com marketing virtual, comprometendo-se a divulgar as empresas, aumentar as suas vendas e torná-las mais bem vistas perante o seu público consumidor.

6- Importação e Revenda de Roupas na Internet

Uma das melhores segmentações do mercado para ganhar dinheiro é a comercialização de roupas importadas na internet. No Brasil, há um público crescente interessado em adquirir produtos de grife, sendo essa uma excelente oportunidade para empreender.

Há empresas que revendem roupas importadas conseguindo obter até 200% de lucro. Nesta situação, é preciso selecionar um público e posteriormente escolher as grifes que vão de encontro com comportamento dos seus clientes.

7- Ganhar Dinheiro Com Artesanato

O artesanato é uma ótima ideia para ganhar dinheiro e existem diversas mercadorias que podem ser fabricadas a partir de técnicas artesanais como, por exemplo, sabonetes caseiros, bijuterias, objetos de decoração, lembrancinhas de aniversário e casamento e assim por diante.

Os produtos artesanais podem ser comercializados em um ponto físico, em eventos ou na internet, através de um site, blog ou páginas nas redes sociais. A divulgação dos produtos é essencial para obter lucro.

8- Vender Lanches em Eventos

Nem sempre os grandes eventos como festivais musicais são bem estruturados, o que faz com que as pessoas encontrem dificuldades para se alimentar enquanto curtem ou esperam os shows. Então, que tal fazer lanches para comercializar nestas ocasiões? Acredite, esta é uma excelente ideia para ganhar dinheiro, basta observar as imensas filas dos shows.

Nesse caso, é preciso produzir lanches de qualidade, embalá-los cuidadosamente e ficar atento à conservação, fazendo com que eles sejam vendidos em bom estado para consumo. Lembre-se que em eventos você não terá ‘muito tempo’, e preciso fazer os lanches rapidamente.

9- Pet Shop

Os brasileiros estão cada vez mais apegados com os seus bichinhos de estimação, fato que também mexe em seus bolsos, pois eles também estão gastando mais como a alimentação e cuidados com os animais.

Sendo assim, uma boa ideia para ganhar dinheiro é montar um pet shop, oferecendo lavagens, tosa, ração, acessórios, entre outras coisas.

10- Passeadores de Cães (Dog Walker)

Ideias para ganhar dinheiro passeadores de cãesTrabalhar como Dog Walker é uma das excelentes ideias para ganhar dinheiro. Você pode se divertir e ainda ganhar um bom dinheiro.

Se você é do tipo que adora cães e tem tempo disponível, que tal unir o útil ao agradável? Embora as pessoas tenham mais animais de estimação, nem sempre elas dispõem de tempo para levá-los para passear, você pode oferecer este serviço e cobrar por isso, é o chamado dog walker.

Para trabalhar nesta área não é necessário ter nenhuma estrutura, basta gostar e entender de cachorros e divulgar o seu trabalho, fazendo passeios diários é possível ter um lucro mensal bastante alto.

11- Hotéis Para Cães

Um dilema vivido por quem tem cães é não poder levá-los sempre em suas viagens, necessitando de um local para deixá-los em segurança e bem cuidados. Quem tem intimidade com cachorros pode montar um hotel para cães e outros bichinhos de estimação, e claro, ganhar dinheiro com isso.

Para ganhar dinheiro com esta ideia é necessário contar com um espaço adequado para manter os animais, mantê-los alimentados e praticar atividades, as quais compensem a falta dos donos durante o período da viagem. Uma boa dica para aumentar a busca pelo seu hotel de cães é ter um bom veterinário.

12- Sorvetes Com Frutas Típicas da Região

Nas regiões em que as temperaturas são altas durante todo o ano, o sorvete é uma das escolhas preferidas para se refrescar. Uma ótima alternativa é oferecer sorvetes feitos a partir de frutas típicas da região, que são saudáveis e se destacam no mercado.

Para esse negócio, pode-se escolher um ponto fixo para comercializar ou mesmo investir em um carrinho itinerante, o qual permite que o serviço seja levado para pontos diferentes da cidade.

13- Vender Doces

Quem tem habilidades na culinária, especialmente em se tratando de doces, pode investir nesses produtos para ganhar dinheiro. É possível fazer desde os doces mais tradicionais como, por exemplo, brigadeiro, beijinho até macarron, cupcake, entre outros.

A comercialização pode ser feita para estabelecimentos comerciais da sua região ou ainda é possível vender os doces para festas de aniversário e eventos no geral. Não se esqueça de investir na qualidade dos docinhos!

14- Aluguel de Brinquedos e Fantasias Para Festas

Em festas de crianças não pode faltar diversão, uma ótima ideia para ganhar dinheiro é adquirir brinquedos como piscina de bolinhas, cama elástica, fantasias e alugar para festas infantis. Nessa situação, é preciso contar com um capital inicial, uma vez que é necessário investir na compra dos equipamentos e ter um automóvel disponível para fazer o transporte dos brinquedos.

15- Correções de TCCs

Se você já teve que fazer um TCC, sabe o quanto isto dá trabalho e, por mais que você corrija inúmeras vezes, ainda existem erros que passam despercebidos. Para evitar este tipo de problema, muitas pessoas recorrem ao serviço de correção para deixar o material impecável.

Quem domina a língua portuguesa escrita, as normas da ABNT e é responsável, pode trabalhar oferecendo correções de TCCs. A vantagem deste tipo de negócio é poder disponibilizar o serviço através da internet, atraindo clientes de todo o país. Além disso, o custo é zero, já que você cobra pela mão de obra.

16- Aulas Particulares

Esta ideia para ganhar dinheiro é perfeita para quem é formado em pedagogia ou mesmo é expert em um determinado assunto. Dar aulas particulares pode render um excelente dinheiro, desde que você identifique o seu público e faça um plano de ensino interessante.

As aulas podem ser dadas na sua casa ou na residência dos alunos. Além disso, é possível cobrar por aulas ou mensalmente, o ideal é fazer um acordo com os seus clientes.

17- Fotografar Paisagens e Comercializar

As pessoas que dominam a arte e as técnicas da fotografia podem fazer disso o seu ganho pão. Esta ideia se diferencia das tradicionais seguidas pelos fotógrafos, pois trata-se da captura de paisagens para comercializar para empresas com bancos de imagens.

Para este negócio é indicado montar um portfólio com o seu trabalho, expor algumas fotos em uma página na internet e contar as empresas oferecendo os seus serviços, pode-se vender a imagem ou apenas os direitos de exibição delas.

18- Fazer Quentinhas Para Vender

Ideias para ganhar dinheiro quentinhasPara quem gosta de cozinha uma boa ideia de negócio é montar quentinhas para vender, além de ser uma ótima ideia para ganhar dinheiro, priorizando a qualidade você deixará seus clientes satisfeitos.

Quem adora cozinhar pode fazer desta atividade o seu trabalho. Uma alternativa é fazer quentinhas para vender e oferecer parcerias com empresas que tenham um grande número de funcionários.

Para se dar bem com esta ideia de negócio é indicado caprichar na qualidade dos alimentos, além de montar um cardápio diversificado, de modo a atender os gostos de todos os clientes. Cuidado com o preço!

19- Criar Jogos Eletrônicos

Tem como passatempo preferido jogar videogame, que tal lucrar com isso? Uma das áreas mais quentes do mercado é a venda de games, as pessoas que usam a criatividade e dominam os softwares de criação têm sido bem sucedidas.

Você também pode criar um site de jogos, costuma ser uma ótima ideia para ganhar dinheiro. Para começar inicie investindo na sua formação, pois para desenvolver jogos eletrônicos é preciso compreender técnicas específicas. Não se esqueça de usar a sua criatividade para empreender neste ramo!

20- Salão de Beleza

O setor da beleza está bastante aquecido no Brasil, pois a cada passo os salões de beleza oferecem novos serviços e cativam o público. Para trabalhar nessa área é necessário realizar cursos para aprender todos os tratamentos para cabelo e pele, sem deixar de lado o fato de saber aplicá-los com responsabilidade.

Este negócio requer um espaço para atender os seus clientes. Caso seja necessário, o serviço pode ser oferecido em domicílio. Também é indicado realizar cursos de atualização para sempre oferecer as melhores novidades ao seu público.

IDEIAS PARA GANHAR DINHEIRO NÃO SURGEM DA NOITE PARA O DIA, SÃO FRUTOS DO PLANEJAMENTO E ESTUDO!

21- Indicações

quantos produtos e serviços você indica diariamente sem ganhar nada por isso?

hoje você tem a oportunidade de indicar os maravilhosos colchões da saúde, www.sonosmart.com.br e ainda ganhar um bom dinheiro fazendo isso, Ex. na indicação de um colchão de casal padrão 1,38 X 1,88 você pode ganhar R$500,00 casa seu indicado adquira.

As possibilidades são infinitas, basta agir.

Existem centenas de coisas para ganhar dinheiro, mas tome cuidado, avalie bem a situação, crie um bom planejamento e tenha certeza das possibilidades de sucesso.

Qual das ideias para ganhar dinheiro mais gostou? Deixe seu comentário e cadastre seu e-mail para receber mais dicas de negócios!